Vigilância de Superfície: O futuro do controle de pátio na Airport Infra Expo 2016

O serviço de Vigilância de Superfície é tradicionalmente concebido como uma extensão do serviço de controle de tráfego aéreo, realizada por diferentes órgãos de administração pública, como uma forma de prestação de serviços baseados em garantir segurança sem interferir na eficiência. Com o início das concessões de aeroportos, as Concessionárias, operadas sob a perspectiva de negócio, buscaram formas de aumentar a eficiência sem prejudicar a segurança.

Neste novo cenário a Vigilância de Superfície deve ser vista como um elo entre as operações aeroportuárias, responsável diretamente pelos resultados financeiros da Concessionária, das Empresas Aéreas e dos demais stakeholders operando no ambiente aeroportuário. É importante colocar em questão a eficiência do modelo atual de gestão do pátio de aeronaves, em que a alocação de posição das aeronaves é feita pelo Operador Aeroportuário, enquanto a movimentação das aeronaves no pátio fica a cargo da Torre de Controle.

A A-CDM (Airport Collaborative Decision Making), forma colaborativa de tomada de decisão em aeroportos, é essencial para lidar com a mudança de paradigma, levando a um novo modelo de atuação de todas as entidades envolvidas na atividade aeroportuária.

Durante a sexta edição da Airport Infra Expo a SAAB Group patrocina um workshop de Gerenciamento de Operações Aéreas (Airside Operations Management) apresentando o modelo de operação aeroportuária A-CDM e seus benefícios.

O Airport Infra Expo 2016 acontecerá no dia 14 de abril de 2016 no Centro de Convenções Brasil 21, em Brasília.

Clique aqui para se inscrever.